Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

tvPRIME

Os vencedores do Festival MOTELX 2017

thursday-night-motelx-banner.jpg

 

A 11.ª edição do MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa chegou ao fim este Domingo com a habitual entrega dos prémios.

 

'Thursday Night' de Gonçalo Almeida é o grande vencedor do Prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa/Méliès d’Argent 2017. O júri composto pela actriz Maria João Bastos, o músico Carlão e o realizador Can Evrenol decidiu atribuir o prémio a esta curta-metragem “pela história, pela direcção, pela fotografia e pelos actores”, acrescentando que se trata de “um filme que nos marcou muito, que consideramos único e que certamente ficará na nossa memória”. Uma história de fantasmas só com animais, 'Thursday Night' foi inspirado pelo álbum 'Thursday Afternoon' de Brian Eno. O júri decidiu ainda atribuir uma Menção Especial a 'Depois do Silêncio' de Guilherme Daniel, cujo trabalho de “argumento e fotografia” considerou “muito promissor”.

 

Na competição internacional, 'Cold Hell' de Stefan Ruzowitzky venceu o Prémio MOTELX – Melhor Longa de Terror Europeia /Méliès d’Argent 2017. Uma decisão que o júri composto pelo crítico Kim Newman e os actores Rogério Samora e Iris Cayatte considerou “clara” devido à sua “relevância contemporânea, acção emocionante e imaginativa e excelentes performances de todo o elenco”. 'Cold Hell' é um thriller político passado numa Alemanha multicultural que conta a história de uma jovem taxista de origem turca perseguida por um assassino em série. “Filme excepcional que combina elementos do serial killer thriller com o terror”, esta é a mais recente longa-metragem de Ruzowitzky, que em 2008 venceu o Óscar para Melhor Filme Estrangeiro com 'The Counterfeiters'. O realizador e a actriz Violetta Schurawlow estiveram presentes na Sessão de Encerramento do MOTELX para receber o Prémio.

 

A competição de longas-metragens europeias foi inaugurada em 2016 e teve este ano oito filmes a concurso. 'Cold Hell' sucede ao checo 'The Noonday Witch' de Jirí Sádek e fica nomeado para o Prémio Méliès d’Or, à semelhança da curta 'Thursday Night'.